Bruno Linhares

Um blog sobre Comunicação, Marketing, Filosofia e Cultura

Archive for Dezembro 2008

Crise econômica e a Internet

leave a comment »

crise_economica

 

 

 

 

 

 

 

 

A crise econômica chegou ao mundo inteiro. Também à Internet. Nada que seja novidade para os veteranos da rede – a euforia inicial em torno da web, no final dos anos 90, foi seguida pouco depois pelo bode da explosão da bolha, com severos efeitos sobre investidores incautos e empreendedores despreparados.

 

Da mesma forma, a bolha da especulação sem controles e barreiras levou o mundo da produção à situação atual. Da especulação no mercado imobiliário norte-americano, a crise espalhou-se pelo setor financeiro, o que mostra a fragilidade dos controles e a falência da “auto-regulação do mercado”, fulgurante conceito na retórica neoliberal tão em voga faz pouco tempo atrás.

 

O emblemático incidente da falência do fundo gerido por Bernard Madoff, responsável por uma gigantesca fraude no formato de “pirâmide”, demonstra a leniência dos órgãos reguladores e a participação direta de alguns de seus dirigentes em práticas criminosas (Madoff é ex-presidente da Bolsa Nasdaq). A mesma classe de questões e o mesmo comportamento irresponsável de agentes de mercado permitem colocar lado a lado, em diferentes escalas de intensidade, a bolha da Internet e a atual fase de recessão.

 

A questão que se coloca é o quanto a atual crise econômica afetará o panorama da Internet enquanto estrutura econômica e canal de comunicação. A partir da recuperação pós bolha, as atividades econômicas na Internet floresceram e crescem em ritmo acelerado. Todos nos perguntamos agora qual será sua dinâmica nesses tempos bicudos.

 

Com um crescimento de dois dígitos no mundo inteiro até 2007, o e-commerce se popularizou e ganhou centenas de milhões de adeptos. No Brasil já são mais de 10 milhões de pessoas que compram on line. Nos EEUU, conforme os dados do instituto eMarketer’s, em 2008 o crescimento estimado é de 7,2%, contra 19,8% em 2007. Para 2009, a estimativa é de apenas 4,1%. No Brasil, contra um incremento no ano anterior de 45%, espera-se chegar a 30% em 2008, sendo que em Dezembro provavelmente teremos a menor taxa de toda a história, com um aumento de 20% contra o mesmo período do ano anterior.

 

Não tenho estimativas sobre a expectativa de crescimento das despesas dos anunciantes em mídia Internet no Brasil, mas nos EEUU a previsão, ainda segundo o eMarketeer’s, é de um incremento de 8,9%. Como uma mídia altamente mensurável em seus resultados e com o volume da própria base instalada, a internet estará se beneficiando ainda com a transferência de investimentos da mídia off line, que em certos canais tem perspectiva de decréscimo importante, como no caso dos jornais e a TV, esta com uma previsão de declínio de 4,2% no mercado norte-americano.

 

O crescimento da Internet, no entanto, é bastante diferenciado – as “novas mídias” terão um crescimento importante, como no formato vídeo, com acréscimo de 45%, contra um incremento estimado de apenas 3,3% em email marketing. Espera-se até mesmo um discreto declínio nos formatos de patrocínios e classificados, enquanto as despesas em busca aumentarão 14,5% sobre este ano.

 

A Internet brasileira, em minha opinião, manterá um ritmo importante de crescimento, com a continuidade da incorporação de novos setores sociais – pessoas de menor renda e de mais idade serão “incluídas” e utilizarão a Internet como parte de suas vidas.

 

As mídias sociais, um formato que cresce no mundo inteiro, têm particular consonância com os hábitos dos brasileiros, como já demonstram estatísticas conhecidas.  Será um dos fortes vetores da utilização econômica da rede, permitindo uma interlocução privilegiada das marcas com segmentos importantes.

 

O ritmo e a temperatura, no entanto, serão ditados pelos esforços governamentais e também das forças sociais e econômicas para a superação da crise. Um comportamento tíbio e vacilante que não eleja a continuidade da atividade produtiva como centro, poderá trazer sérias conseqüências para o país e para a web, atrasando seu desenvolvimento social, cultura e tecnológico.

Anúncios

Written by brunolinhares

Dezembro 24, 2008 at 6:09 pm